sábado, 7 de fevereiro de 2009

WARSAW TOMB-UNKNOWN SOLDIER - 09 - Polônia








Túmulo do Soldado Desconhecido, em polonês: :Grob Nieznanego Żołnierza; é um monumento em Varsóvia, na Polónia, dedicada aos soldados desconhecido que deram suas vidas para a Polónia. É um túmulo de muito significado nacional e foi construído após a I Guerra Mundial..
Em 4 de abril de 1925, o Ministério da Guerra mandou seleccionar num campo de batalha a partir da qual as cinzas de um soldado desconhecido seria trazido para Varsóvia. Foi escolhido, em outubro de 1925, pelo Lwów 's Łyczakowski Cemitério, três caixões que foram exumados: o selecionado foi de um sargento desconhecido sargento. O caixão que estava para ser transportado para Varsóvia foi escolhido por Jadwiga Zarugiewiczowa, mãe de um soldado que tinha caído em Zadwórze e cujo corpo nunca foi encontrado. Essa é a história do soldado desconhecido polonês.

CONSTRUÇÃO DO TUMULO
O túmulo foi projetado pelo famoso escultor polonês, Stanislaw Kazimierz Ostrowski. Ele está localizado no interior da arcada que ligava as duas asas simétricas do Palácio Saxônio, à sede do Ministério de Guerra. A parte central é rodeada por 5 eternas chamas e 4 pilares com nomes e datas de batalhas em que soldados polacos tinham lutado durante a I Guerra Mundial e daGuerra polaco-soviética. Atrás do Túmulo de metal há duas grelhas ostentando emblemas dos dois mais altas medalhas militares polonesas -o Virtuti Militari e os Krzyż Walecznych (Cruz de Valor).


Os locais onde era mencionado as batalhas da Guerra polaco-bolchevique, foram retiradas após a II Guerra Mundial pelos soviéticos e autoridades comunistas da Polônia e escondido nos porões do Museu do Exército polonês em Varsóvia. Após a Polônia ter recuperado a sua independência em 1989, os painéis s foram restaurados e estão atualmente em exposição no mesmo museu, enquanto os das batalhas no próprio túmulos, onde foram remodelado e ampliado para incluir o original das batalhas


Durante a Guerra de 1939, onde a Polônia se defendeu, dos ataques alemães, o edifício foi ligeiramente danificado pelo bombardeamento aéreo alemão, mas foi rapidamente reconstruído e apreendidos pelas autoridades alemãs. . Em Dezembro de 1944 o palácio foi completamente demolido pelaWehrmacht. Apenas parte dos serviços centrais colunata, que abriga o túmulo, foi preservada.
Depois da guerra, em finais 1945 começou a reconstrução. Apenas a pequena parte do palácio que contém o túmulo foi restaurado por Henryk Grunwald. Em 8 de maio de 1946 foi aberto ao público. Foram acrescentadas urnas e mais tabelas com nomes de batalhas em que os poloneses lutaram na II Guerra Mundial. No entanto, as autoridades comunistas apagarão todos os vestígios da Guerra polaco-bolchevique de 1920 e apenas uma pequena parte das batalhas do Exército Polonês no Ocidente foi incluído. Isso foi corrigido em 1990, depois que a Polónia recuperou a sua autonomia política. Existem também planos para reconstruir o Palácio saxónico, mas não se sabe quando esses planos serão realizados.

LOCAL: Varsovia, Polônia.
Formatação, pesquisa e descrição do memorial: Helio Rubiales

Nenhum comentário:

Postar um comentário