TÚMULO DO SOLDADO DESCONHECIDO

Túmulo do soldado desconhecido é o nome que recebem os monumentos erigidos pelas nações para honrar os soldados que morreram em tempo de guerra sem que os seus corpos tenham sido identificados. Por vezes é um túmulo simbólico, ou cenotáfio, evocando todos os habitantes de um país que morreram em determinado conflito sem identidade conhecida, embora alguns contenham os restos mortais de soldados falecidos durante esses acontecimentos.

TOMB OF THE UNKNOWN SOLDIER

Throughout history, many soldiers have died in wars without their remains being identified. In modern times, nations have developed the practice of having a symbolic Tomb of the Unknown Soldier that represents the war grave of those unidentified soldiers. They usually contain the remains of a dead soldier who is unidentified (or "known but to God" as the stone is sometimes inscribed) and thought to be impossible ever to identify, so that he might serve as a symbol for all of the unknown dead wherever they fell. The anonymity of the entombed soldier is key to the symbolism of the monument: since his or her identity is unknown, it could theoretically be the tomb of anyone who fell in service of the nation in question, and therefore serves as a monument to all of their sacrifices

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

LANDSOLDATEN-Arte Tumular-01-Frederícia, Dinamarca


ARTE TUMULAR
Base em granito com vários níveis  supotando a escultura em bronze de um soldado com trajesmilitar  típicos da época, com o pé esquerdo sobre um canhão, que simbologicamente representa a posse e vitória.  Com a pose típica de um vencedor, segura  uma arma em uma das mãos e com a outra acenando, em sinal de vitória.
LOCAL:Frederícia, Dinamarca
Foto: Wikipédia
Descrição do memorial: Hrubiales
MEMORIAL:LANDSOLDATEN
O primeiro memorial conhecido é o monumento ao Landsoldaten ("Soldado de infantaria") (1849), da Primeira guerra de Schleswig, em Frederícia, Dinamarca.
PAIS:Dinamarca
GUERRA 
A Primeira Guerra do Schleswig, também chamada Guerra dos Três Anos, foi o primeiro dos conflitos militares no sul da Dinamarca e no norte da Alemanha provocados pela Questão dos Ducados, uma disputa pelo controle dos ducados do Schleswig e do Holstein.
Em março de 1848, a grande maioria alemã do Schleswig-Holstein rebelou-se contra a Dinam
arca e buscou a independência frente a esta última, para associá-los à Confederação Germânica. Uma intervenção militar do Reino da Prússia em favor da revolta expulsou dos ducados as tropas dinamarquesas.
A guerra, que durou de 1848 a 1851, terminou quando as grandes potências européias pressionaram a Prússia a aceitar o Protocolo de Londres de 1852. Nos termos deste acordo de paz, a Confederação Germânica devolvia o Schleswig-Holstein à Dinamarca. Em troca, num acordo com a Prússia, a Dinamarca comprometeu-se a não criar laços adicionais com o Schleswig mais fortes do que os deste último com o Holstein.
MORTOS: Indeterminado
Fonte: Wikipédia
Formatação, pesquisa: HRubiales

Nenhum comentário:

Postar um comentário